O que é realmente importante para você?

img_20150831_135723.jpg

Olá, queridos leitores! Tudo bem com vocês?

O que vocês consideram como importante na vida de vocês? Talvez vocês respondam Deus, ou os estudos, ou a sua família e os seus amigos, or whatever. Mas eu te pergunto então, quanto tempo você passa com essas pessoas ou fazendo isso? 

Nessa correria que eu estava nesse mês, encontrei-me me perguntando se eu estava realmente priorizando o que considero importante para mim. Eu sempre respondia, se alguém perguntava, com toda certeza, Deus. Mas um dia um professor perguntou a minha classe, depois da pergunta inicial, “Quanto tempo do seu dia vocês separam para isso, então?”. E foi nesse dia que a “minha ficha caiu”, como alguns dizem.

Em meio às preocupações e responsabilidades do dia a dia, nós quase não temos tempo, na maioria das vezes, para a família ou para os amigos. E enquanto você está lá ocupado, correndo de um lado para o outro, a vida vai passando e quando você vê já é tarde demais.

Não sei se vocês já perceberam, mas parece que nós sempre estamos preocupados com alguma coisa, não é verdade? Seja um resultado que vai sair, uma prova, ou ansioso com algo que irá acontecer ou que tem que fazer, ou com o que vamos comer no outro dia. E com isso deixamos de aproveitar o nosso tempo com quem amamos.

Por isso, Deus disse por meio de Mateus:

Portanto, não fiquem preocupados, perguntando: ‘Onde é que vamos arranjar comida?’ ou ‘Onde é que vamos arranjar roupas?’. Pois os pagãos é que estão sempre procurando essas coisas. O Pais de vocês, que está no céu, sabe que vocês precisam de tudo isso. Portanto, ponham em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus e aquilo que Deus quer, e ele lhe dará todas essas coisas.” – Mateus 6.31-33

Isso pode parecer impossível, mas eu te digo por experiência própria, é verdade! E já foi comprovado pessoalmente! Escrevam o que eu estou dizendo, não importa a situação que você está ou quão preocupante ela é, confie em Deus e deixe nas mãos dele que tudo vai dar certo – mesmo que você não veja isso claramente. Isso serve tanto para coisas simples quanto para as mais complicadas. E se eu fosse começar a falar de algumas situações que já aconteceram comigo ou com pessoas próximas, eu passaria horas a fio contando.

Mas mesmo assim vou contar um, por mais simples que possa ser. O blog tem uma conta no Instagram que eu atualizo a cada semana, como vocês já sabem, e sempre que acessava eu esperava que houvesse mais algum seguidor, pois eu pensava “Se outros igs literários conseguiram tantos seguidores, por que eu não consigo também?”.

Mas o engraçado era que sempre que eu me preocupava um pouco mais com isso, passavam dias sem que nem um ser vivo seguia o ig, e quando eu ficava cansada de me preocupar com isso, orava e deixava nas mãos de Deus (porque eu sou daquelas que conversa de tudo com Ele), surgiam vários de uma só vez. Sei que isso pode ser considerado algo bobo, mas é verdade, e se Deus nos ajuda até em coisas tão simples assim, por que não iria ajudar com situações difíceis também?

Por isso, não fiquem preocupados com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã trará as suas próprias dificuldades.” – Mateus 6.34

Beijos e abraços!

Anúncios