Top 5: Os Melhores Livros que li em 2016

Olá, queridos leitores e leitoras!

Pois é, mais um ano se passou, e com ele novas leituras, novas histórias, novas aventuras. Apesar de não ter estado muito ativa em 2016, consegui cumprir boa parte das metas que propus no inicio do ano. Uma delas foi a de ler entre 45 e 50 livros. Cheguei, na verdade, a marca de 62 livros lidos, isso sem contar outras pequenas histórias, e algumas leituras que comecei porém não cheguei a concluir.

Li também a maioria dos livros que gostaria de ler em 2016, apesar de não ter conseguido ler muitos clássicos. Dos sete (clique aqui para ver quais foram), consegui concluir cinco, sendo que um dos que não consegui ler foi porque ainda não tinha o livro em mãos (fiquei super chateada com o Submarino, pois fiz a compra no dia 29/11/16 e os livros só chegaram depois de mais de um mês).

Mas agora voltemos ao assunto principal do post… Quais foram então as minhas melhores leituras de 2016?

 A Guerra dos Tronos, por George R. R. Martinrsz_a_guerra_dos_tronos

Como já falei em um post anterior, na minha opinião, A Guerra dos Tronos, tem seus pontos positivos e negativos. Apesar de não ter gostado de certos aspectos dessa série, não posso negar a genialidade do autor, George R. R. Martin, ao criar uma história tão intricada, repleta de reviravoltas, e totalmente interligada entre vários personagens. Além de este ser um livro baseado em um acontecimento histórico, a Guerra das Rosas.

Essa era uma das séries “meta” de 2016, que consegui concluir antes do meio do ano. Isso, intercalando com outras leituras, sendo uma delas a da série que vou falar a seguir.

Caso queiram conferir a minha opinião completa de GoT, cliquem aqui.

Eragon, por Christopher Paolini

eragon_livroEragon, como já falei anteriormente, era um dos livros que eu mais queria ler. Ano passado finalmente consegui adquirir o box da série de quatro volumes, que comecei a ler quase que imediatamente após a chegada dos livros.

E, apesar de o primeiro livro não ser exatamente o que eu esperava, os outros certamente recompensaram, e o desenvolvimento de o Ciclo da Herança só melhorou. Com certeza, é uma leitura que eu indico para quem ama fantasia e ama conhecer novos universos.

Já fiz a resenha desse livro, que vocês podem conferir clicando aqui.

Os Miseráveis, por Victor Hugo

rsz_os_miseraveisPor ser um clássico, Os Miseráveis é um livro que não poderia faltar neste post. Li ele, mais ou menos, na metade do ano passado, e foi uma leitura consideravelmente rápida, ainda mais por se tratar de uma adaptação (no caso, feita por Walcyr Carrasco).

Essa é uma história que retrata a sociedade francesa no século XIX, entre a Batalha de Waterloo (1815) e os motins de junho de 1832, destacando a miséria de muitos habitantes nessa época, mas principalmente a de Jean Valjean, Fantine, Cosette, Marius, e a dos Thénardier.

Em breve, farei a resenha desse livro.

Além do Planeta Silencioso, por C. S. Lewis

rsz_alem_do_planeta_silenciosoAté há pouco tempo atrás eu pensava que a única série de fantasia que o Lewis tinha escrito, havia sido As Crônicas de Nárnia. Mas não, ele também escreveu a Trilogia Cósmica, na qual Além do Planeta Silencioso é o primeiro livro. Nele somos apresentados à história do Dr. Ransom, filólogo e professor da Universidade de Cambridge, o qual foi sequestrado por dois cientistas e levado numa espaçonave a Malacandra.

Assim como nos outros livros escritos por Lewis, neste ele também aborda o cristianismo de uma forma inusitada e diferente por meio das viagens e dos descobrimentos que o Dr. Ransom faz em Malacandra. Nele somos levados a refletir a respeito de vários aspectos da vida, e o que nos leva a agir de determinada forma. Certamente, uma leitura que vale a pena e que eu super indico.

Farei a resenha em breve.

O Signo dos Quatro, por Arthur Conan Doyle

arte_OSignoDosQuatro_30-07-15

Seguindo um dos desafios literários de 2016, de ler uma história do livro The Complete Sherlock Holmes por mês (que por sinal não consegui concluir inteiramente), o Signo dos Quatro foi a leitura do mês de Dezembro, e com certeza, uma das melhores do ano, afinal estamos falando de Sherlock Holmes, não é mesmo?

Realmente, um livro que nos deixa intrigados desde o início com a forma com que se sucede o caso, e alguns elementos envolvidos que de forma alguma seriam facilmente associados uns aos outros, com uma história de características extraordinárias. Definitivamente, recomento a todos os fãs de romances policiais e suspense.

Ainda não tenho certeza se farei a resenha, caso queiram que eu faça deixem nos comentários. 😉

E é isso, tiveram sim outras boas leituras também, porém não no mesmo nível dos livros citados acima. Se estiverem buscando sugestões do que ler esse ano, deixo todos os citados acima como indicação.

No próximo post estarei falando a respeito das metas literárias de 2017 e caso queiram me sugerir algum, falem nos comentários. 😀

Um feliz ano novo a todos! Desejo a vocês um ano abençoado e repleto de leituras maravilhosas! Que 2017 seja melhor para todos nós!

Beijos e abraços!

Anúncios